Adulting

By Olívia Muniz - março 04, 2018



Lembro-me de ter 5/6 anos e olhar para raparigas e rapazes de 18/19 anos e pensar como era tão crescidos, tão adultos, com a vida toda resolvida. Sempre quis saber o que iria sentir quando houvesse aquele de passar a ser "adulta". Quando era mais nova, achava que ia haver um "click" qualquer na minha vida que me fizesse alterar de adolescente para adulta.
A verdade é que esse click nunca aconteceu. Na verdade, nunca acontece. Neste momento tenho 26, os meus patrões têm 35, os meus pais já passaram dos 50 anos. E cada vez mais me apercebo que aquela noção de "adulto" na verdade não existe. Somos todos ainda crianças por dentro, muitos de nós com sonhos impossíveis de realizar pelas opções da vida e pelo peso das responsabilidades.
A maior parte de nós deixou de estudar e ingressou no mundo "adulto" sem ter lido o manual de instruções. Andamos aqui, por tentativa e erro vamos aprendendo e evoluindo.
Mas a verdade, é que quanto mais velha fico, mais gosto de mim e da minha vida. Claro que gostava de experimentar mil coisas, tenho muitos sonhos que quero realizar, mas estou feliz com o desenrolar os momentos.
Ontem à noite, eu e o M. falámos sobre objectivos de vida. Eu estudei Medicina Veterinária e exerço numa clínica veterinária de animais de companhia, apesar do meu sonho serem os animais selvagens. Felizmente adoro a minha profissão e o meu trabalho. Ele não chegou a terminar o curso de Biologia e não sabe bem o que quer fazer. Por enquanto trabalha numa empresa de painéis solares.
A verdade é que cada pessoa tem o seu ritmo na vida. Algumas pessoas sabem logo desde pequenas aquilo que querem ser quando forem grandes. Outras andam a experimentar várias coisas até acertarem.
Mas  facto de não se saber o que se quer fazer não é motivo para desanimar. Apenas se deve continuar à procura, experimentar de tudo um pouco e não ter medo de arriscar.
O Obama saiu da Casa Branca aos 55, o Trump entrou aos 70. Cada um é como é e tem o seu próprio tempo.

  • Share:

You Might Also Like

22 comentários

  1. Verdade! Sou adulta without rules ahaha
    Beijinho

    www.trendsandfashionblog.pt

    ResponderEliminar
  2. Adoro o trabalho que tenho mas ainda não desisti por completo da música. Nunca é tarde demais!

    ResponderEliminar
  3. Concordo totalmente contigo, cada pessoa tem o seu ritmo. Por isso, nunca é tarde para encontrarmos o nosso caminho :)

    ResponderEliminar
  4. Concordo totalmente contigo! Eu em pequena queria ser bióloga marinha mas aqui no meio do ribatejo era impossível e na altura não me imaginava de todo, a sair de casa dos meus pais. Depois acabei por seguir um curso profissional de design de interiores. Fiquei-me pelo 12º ano mas o meu estágio abriu-me portas para o meu emprego que mantenho desde há 4 anos. Primeiro part-time, depois a full time. Tal como tu, tenho imensa coisa que gostava de experimentar mas um passo de cada vez hei-de lá chegar :)

    ResponderEliminar
  5. Concordo com tudo o que escreveste. É exactamente isso! Por vezes achamos que queremos algo, mas até não é isso... outras vezes sabemos desde sempre o que queremos. Cada vida é um ritmo e o importante é ser feliz !

    ResponderEliminar
  6. Adorei o texto, gostei muito do que escreveste sendo que é sem duvida alguma a verdade!

    beijinhos,
    http://lostin-thestatic.blogspot.pt /

    ResponderEliminar
  7. Concordo totalmente contigo! Nunca é tarde para chegarmos ao nosso caminho! :D

    amarcadamarta.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  8. Concordo com o que dizes! Cada um tem o seu ritmo e sua forma própria de viver e nunca é tarde demais.....seja para o que for!

    Beijinhos e boa semana <3
    https://demantanosofa.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  9. Wonderful post, really interesting!
    I'm following you!
    Have a nice week! ♥

    New post is on my blog!
    https://bigiublog19.blogspot.it

    ResponderEliminar
  10. Tenho 23 anos e identifico-me bastantes com as tuas palavras <3
    Beijinhos

    Blog ♡ SimplyNeca | Instagram

    ResponderEliminar
  11. concordo contigo! Vou fazer 30 este ano e estou longe de sentir-me com essa idade, sempre imaginei que seria mega crescida quando aqui chegasse e continuo a ser uma miúda cheia de sonhos.
    Cada pessoa cresce ao seu ritmo e chega ao seu "destino" quando for hora, não há pressa. :)

    beijinho
    The Midnight Effect / Instagram

    ResponderEliminar
  12. Nem mais! Cada um tem o seu próprio ritmo. <3

    ResponderEliminar
  13. E os sonhos não têm data de validade, nem uma quantidade definida. Estamos sempre a tempo de ser mais. Estamos sempre a tempo de sermos melhores!

    ResponderEliminar
  14. Infelizmente muitas vezes a sociedade é que acha que em certa idade já somos velhos demais para fazer algumas coisas.
    Mas por outro lado, nós somos a sociedade, por isso também cabe a nós mudar as regras do jogo!
    Um grande beijinho
    http://triptofano.blogs.sapo.pt/afinal-quando-e-que-se-coloca-o-68904

    ResponderEliminar
  15. Não podia concordar mais, somos de facto todos diferentes e temos todos o nosso tempo :)

    ResponderEliminar
  16. Não podia concordar mais, muito bem escrito esse post.
    Beijinhos :)
    https://dailyvlife.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  17. Meu Deus, identifico-me bastante com o que escreveste.
    Tenho 25 anos, e vejo amigos a casar, a viver sozinhos, com profissões estabelecidas e eu simplesmente ainda nem sei bem o que quero fazer da minha vida. Tem sido mesmo na base
    de tentativa erro como escreveste.
    Ás vezes tenho receio de não descobrir a tempo de me conseguir sentir realizada, outras vezes penso que tenho todo o tempo do mundo.

    ResponderEliminar
  18. Olá! Grande verdade realmente, eu também estudei, sou nutricionista e a verdade é que a vida me direcionou num caminho diferente mas que em parte se relaciona... Com 31 anos ainda me debato com a fase adulta que já deveria ter chegado?! Aproveito este comentário para te dizer que sou nova por aqui mas gostei muito do teu blog! Convido-te a visitar o meu! Começei a seguir-te também! Beijinhos

    ResponderEliminar
  19. Concordo com tudo o que li :)
    Acho que principalmente não devemos ter medo de errar, de admitir o erro e recomeçar quando não estamos felizes / confortáveis com as nossas decisões :D

    Beijinhos grandes ^^
    O blog da Mó | Instagram

    ResponderEliminar
  20. Às vezes também me ponho a pensar nisto do "ser adulto". Até mesmo na altura em que uma pessoa entra na Universidade, olha para os praxantes, por exemplo, e sente que são mais velhos e mais "adultos"... agora ando por lá, no meu 5º ano, e não noto sequer diferença entre mim e quem acaba de entrar lá. É super estranho.
    Concordo contigo: cada um tem o seu tempo. Eu sempre soube para aquilo que nasci. Mas aceito que haja quem não sabe... só não aceito é que estejam parados enquanto descobrem. E acho que, nos dias de hoje, encontramos muitos jovens assim... infelizmente.

    ResponderEliminar
  21. Exatamente como eu achava. Pensava que com 18 já teria tudo que sonhava, mas cá estou eu com quase 20 e tentando entender essa vida louca, rs. Só que, como tu disse, cada um tem seu ritmo. Estou esperando a hora em que Deus vai me ajudar a fazer tudo acontecer. Porque só Ele sabe o que é melhor para cada um e qual o momento certo de cada coisa.
    Adorei seu blog!

    Um beijo 😘
    https://sonhosaposdezoito.wordpress.com

    ResponderEliminar