Amor Internacional

By Olívia Muniz - abril 07, 2018


Penso que todos temos aqueles dias em que pensamos no nosso passado e relembramos algumas das nossas memorias. Hoje, enquanto olhava para o M. apercebi-me de uma situação: a maior parte dos meus namorados/rapazes que beijei eram estrangeiros. Ucraniano, angolano, britânico, dinamarquês, cabo-verdiano, e agora, eslovaco, o meu noivo.

Vá-se lá saber porquê, mas sempre estive mais inclinada para estrangeiros. Namoro a sério com portugueses só um,e da experiência que tive, não aconselho ahahahah
O homem português ainda tem muito aquela mentalidade machista: chega a caso do trabalho, senta-se no sofá e a mulher que faça o resto: limpe, cozinhe, lave os pratos, faça a cama...
Com os estrangeiros, as tarefas eram sempre divididas, não se importavam (e até gostavam) de cozinhar. Respeitam muito mais as mulheres, na cama são muito menos egocêntricos, mais dados à família, sei lá...
Uma das razões que me levou logo a perceber que o M. seria o homem ideal para foi exactamente isso. A forma como tratam as mães também revela muito sobre o carácter dos homens. Enquanto que o meu ex português estava sempre aos berros com a mãe (inclusive insultá-la), estava sempre há espera que ela limpasse a casa e cozinhasse. E a senhora era super querida, merecia todos os mimos do mundo. Simplesmente não soube educar os filhos.
O M. não, idolatra completamente a mãe e esta sempre disposto a ajudá-la, preocupa-se com o seu bem-estar.
São mentalidades completamente diferentes.

Já alguma vez tiveram alguma experiência semelhante?

Não se esqueçam de participar no Giveaway!!

  • Share:

You Might Also Like

14 comentários

  1. Só com portugueses e tal como tu um "ex português" que não se recomenda :P

    ResponderEliminar
  2. Tiveste azar com o português que te calhou. Mas depois a vida avança e mostra-nos exatamente quem é melhor para nós :)

    ResponderEliminar
  3. Foi mesmo azar linda, pois nem todos são assim
    Beijinhos
    Novo post (Review Conjunto De Pincéis ) // CantinhoDaSofia /Facebook /Intagram
    Tem post novos todos os dias

    ResponderEliminar
  4. Eu só tive experiências com portugueses! :P

    amarcadamarta.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  5. Acho que o machismo pode está em qualquer país. Então, você só não encontrou alguém que tivesse as qualidades que vc procurava, como vc encontrou no seu noivo. Então só não era sua alma gêmea. Bjs

    ResponderEliminar
  6. Nestas questões, até agora sempre fui nacional, ahah... xD infelizmente, acho que o machismo pode estar presente em todas as culturas e países, mas acredito que há sempre aquela pessoa certa, seja portuguesa ou não ;)

    ResponderEliminar
  7. Depende muito dos homens... não sao todos iguais!
    Beijinhos

    Blog ChocoPink / Instagram / Facebook

    ResponderEliminar
  8. Obrigada por inspirares os meus dias e por lhes dares sempre mais cor! Faz hoje 2 anos que criei o meu primeiro, que entrei neste mundo que é a blogosfera. Decidi então agradecer a alguns dos bloggers que sigo e que gosto de ler o facto de se esforçarem por criarem sempre novos conteúdos e por nunca desistirem apesar das adversidades da vida. Porque eu sei o que é estar do outro lado de um blog e sei o quanto é bom o nosso trabalho ser reconhecido!



    Um grande beijinho! -Sofia Santos

    Post sobre estes dois anos: http://inotherworldswords.blogspot.pt/2018/04/blogosfera-o-que-aprendi-ao-longo-de.html

    ResponderEliminar
  9. Nunca tive um namorado estrangeiro, tudo portugueses, mas a verdade é que pouco importa a nacionalidade, o que de facto importa é a pessoa em si, a personalidade, e nesse sentido não é fácil arranjar um realmente bom, independentemente da nacionalidade.
    Tiveste sorte em encontrar o M, independentemente de onde veio, é dele que gostas, da pessoa que é, e isso não olha a cores, nacionalidades ou raças, mas sim ao que as pessoas são :)

    ResponderEliminar
  10. O meu é bem português mas não é nada machista, thanks god! :p


    https://quase-italiana.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  11. Penso que não devemos generalizar, só tive um relacionamento com um estrangeiro e não recomendo ahah, ele era super mentiroso! Talvez os portugueses sejam mais sinceros. No entanto, acho que não tem maioritariamente a ver com a nacionalidade. Namoro há três anos com um bem português e estou super feliz, em tudo. Mas concordo plenamente que dá para observar muito do homem pela atitude que ele tem com as outras mulheres, não só com a sua mãe :)
    Nomeei-te para uma tag lá no blog, se quiseres responder:
    https://dffsant.blogspot.pt/2018/04/tag-liebster-award.html

    Beijoca querida,
    santiago | facebook | instagram

    ResponderEliminar
  12. Nem todos sao iguais, mas tiveste azar... Eu ate agora so tive portugueses!
    Beijinho
    http://omundodajesse.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  13. Não devemos generalizar, mas não tiveste mesmo sorte. Eu já namorei com um que não era português e jurei para nunca mais ahah
    Um beijinho,
    http://myheartaintabrain.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  14. O meu é português e trata muito bem tanto a mãe, como o pai ou a irmã e é o maior com o sobrinho. Acho que escolhi bem o pai da minha filha ;)

    ResponderEliminar